sexta-feira, 25 de novembro de 2016

UM RÁPIDO RETRATO DA "DIREITA" BRASILEIRA - a confirmação.

Recentemente escrevi um artigo onde tentava mapear o comportamento e o padrão de pensamento daqueles que se denominam "direita" no Brasil atualmente e isso rendeu uma experiência muito interessante. (veja o post aqui)

Fiz a divulgação em vários lugares (início de blog é complicado), entre eles, vários grupos no Facebook.
No geral, a aceitação e repercussão do texto foi muito boa, com compartilhamentos e várias curtidas. Claro que também esperava uma reação no mínimo enérgica das pessoas que inevitavelmente se sentiriam incomodadas com os padrões que descrevi, mas mesmo eu não esperava reproduções tão fiéis ao que descrevi sobre eles em suas reações, para ser mais exato, foram 2 casos.
Tomei o cuidado de não expôr o nome ou imagem de nenhum dos envolvidos. Meu objetivo é debater idéias e comportamento, não pessoas.



O reaça esquentadinho. 

No primeiro caso, a postagem foi duramente atacada por um garoto de discurso conservador e reacionário. Ele iniciou sua resposta dizendo que "qualquer coisa era melhor do que a democracia", seguiu com ofensas, elogios a militares e a Bolsoasno, digo, Bolsonaro, usou os termos e frases decoradas, como por exemplo "petralhas", "quadrilha do PT", "bolsa esmola", "comunistazinho de merda" e encerrou o debate dizendo que "comeria a minha mãe" e outras coisas do nível.
O fascismo, o analfabetismo político e histórico se fizeram notórios e seguiram um roteiro pré-definido, exatamente como o que eu havia descrito na mesma matéria.
Outro detalhe que ficou evidente é que ele não se deu ao trabalho de ler o texto e formulou sua idéia e ataque com menos de 20 segundos depois de postado o link no grupo, ou seja, ele esbravejou e xingou exaustivamente o autor de um texto, e o próprio texto que ele sequer leu, comportamento padrão de quem é guiado e manipulado pela mídia, como descrevi em outro texto (aqui).
Nesse caso em especial eu não cheguei a tirar print do debate, os xingamentos e o comportamento foram desagradáveis demais para expôr aqui na minha opinião.

O "Olavete" intelectualóide

Esse foi um caso bem diferente. O senhor que veio debater, além de claramente ter lido todo o texto, levou o debate inteiro com a educação esperada de uma pessoa civilizada, não posso negar que foi um debate divertido de fazer, não foi cansativo nem ofensivo por parte de nós dois.
Como o debate foi mais longo e com exceção de ele não ter debatido apenas o título do link, ele não poderia ter sido mais fiel ao roteiro costumeiro da dita "direita". No geral, bem pouco do que ele escreveu eram pensamentos dele próprio, me senti debatendo com o próprio Olavo de Carvalho tamanha similaridade de discurso, exceto claro, pelo fato de esse senhor ser minimamente civilizado.

Ele iniciou o debate falando de um comunismo mal disfarçado que domina o país, dizendo que o mesmo apenas se apresenta com uma "nova roupagem" (discuso de Olavo), tentou mudar se assunto comparando ações fascistas com o cuspe de Jean Willys (hein?) e tentou negar que os manifestantes que invadiram a câmara dos deputados tivessem pedido retorno da ditadura, em uma evidente negação de fatos difundidos e gravados. Quando enfim retornamos ao assunto, ele alegou que toda Europa atualmente é dominada pelo tal do comunismo de roupagem nova (!?!) e eu decidi entrar no jogo dele, questionando que, se a Europa é mesmo comunista, então o comunismo deve ser bom, tendo em vista os altos índices de qualidade de vida, IDH, saúde, etc e como resposta, primeiro ele questionou que esses índices significariam uma melhor qualidade de vida e logo depois desistiu, tentando questionar que essas "coisas boas" não, não tinham sido trazidas pelo comunismo, demonstrando contradições e uma profunda incoerência em suas alegações. Até que por fim ele escapuliu do debate refutando genericamente "meu discurso comunista". Para quem não sabe, nem comunista eu sou, sou declaradamente anarquista e não simpatizo com nenhum sistema totalitário, o que inclui o comunismo.

Segue o print do debate na íntegra:

Achei de fato muito interessante o debate, mas não posso negar também que esses "roteiros" e comportamentos que seguem à risca um padrão, mesmo sendo previsíveis são assustadores, convertem essas pessoas a não mais do que robôs e assim, sendo, uma programação errada tende a transforma-los em um problema e um risco sério a todos nós, como aliás, ficou evidente na afamada invasão fascistóide à câmara dos deputados.

Fabiano "Abafh" Ruiz.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...